Conheça três brasileiros que são destaque no mundo da sustentabilidade. Confira na Revista EXAME

Postado dia 29 / 09 / 2021
por umgrauemeio

Um empreendedor, uma cientista, uma ativista e um propósito em comum: trabalhar a favor do meio ambiente.

Matéria original da Exame.

Mais do que discurso ou marketing, o que o planeta precisa atualmente é de ações. Iniciativas que promovam, de forma concreta, as mudanças de postura tão necessárias para sua preservação. Esses três brasileiros a seguir são exemplos de quem tem agido – cada um em seu ramo – em prol desse objetivo e, merecidamente, vêm tendo seu trabalho reconhecido mundo afora.

Prevenção a incêndios florestais

Resolver um grave problema mundial na frente climática: a alta emissão de CO2 por conta dos incêndios florestais e de áreas de plantio. Foi com esse objetivo que Rogério Cavalcante fundou, há cinco anos, a umgrauemeio* (antiga Sintecsys), startup que usa a tecnologia para lidar com a questão de forma inteligente e eficiente.

Como reconhecimento por sua atuação à frente da empresa, da qual é o CEO, ele figurou, em 2020, na prestigiada lista do Meaningful Business 100, que identifica mundialmente líderes empresariais que se destacam por aliar lucro e propósito, contribuindo para alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Com um sistema proprietário de inteligência artificial, a umgrauemeio usa câmeras que giram 360º, 24 horas por dia, para monitorar áreas de grandes extensões, em busca de qualquer sinal de fumaça em um raio de 15 quilômetros. O algoritmo então analisa as imagens em tempo real e dá o alerta, reduzindo o tempo de detecção de 48 horas para apenas 3 minutos. 

“Todo incêndio começa podendo ser apagado com um pé, dependendo apenas do tempo que se leva para identificar o foco. Quanto maior for o tempo, maior será o problema. Era então necessário e urgente desenvolver uma solução que permitisse a detecção precoce e automática de focos de incêndio”, diz Cavalcante.

Segundo ele, a empresa tem hoje cerca de 20 clientes, todos triple A. São monitorados mais de 4,5 milhões de hectares no Brasil, sendo 1,5 milhão de área nativa, por meio de 14 salas de controle distribuídas em dez estados. E no horizonte estão os planos de que a iniciativa privada patrocine o serviço para regiões como Pantanal, Amazônia, parques e reservas nacionais.

Além da proteção ao meio ambiente, o software também mensura as reduções das emissões de CO2 por incêndios evitados. “Clientes atestam ganhos impressionantes, como redução de até 90% da área queimada quando comparada aos anos antes da implantação do sistema, com payback de toda solução em poucos meses”, conta.

Formado em direito, Cavalcante sempre buscou dar significado à sua vida profissional por meio do empreendedorismo, nos mais variados setores. E começou cedo: embora tenha 44, já são mais de 30 anos empreendendo. 

Nessa nova e bem-sucedida empreitada, ele convida outros empreendedores à reflexão: “Como pode haver lucro com dano ao meio ambiente? Afinal, que lucro é esse? Para quem? Estamos diante de novos tempos e de uma oportunidade incrível de fazermos toda a diferença para o nosso planeta, com lucro, propósito, transparência e de forma sustentável, pois essa é nova forma de valoração econômica de uma atividade empresarial, e não tem mais volta”.

Últimas postagens

umgrauemeio na CNN

umgrauemeio na CNN

Confira a matéria da umgrauemeio na CNN sobre o projeto "Abrace o Pantanal", já em implantação e que irá proteger mais de 2 milhões de hectares do Bioma a serem monitorados em tempo real através da Plataforma Pantera de Gestão de Incêndios Florestais. A Plataforma da...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

PortuguêsEnglishEspañolFrançais